10 julho 2016

Desafio Rádio Sim nº 39

Bom, foi tão divertido escrever sem A que me pus a pensar… (sim, isto é sempre perigoso…)
Que tal escrever…
… uma história de AMOR sem a letra A? Um dramalhão amoroso sem A?

Nada de arrepiantemente difícil, juro que não, mas tão divertido!!!

Eu já fiz a minha e ficou assim:
Luís, gosto de ti, muito mesmo, e tu nem me vês. Desejo beijos teus, que tolice, isso é impossível. Choro porque te sinto como único refúgio, e tu destróis-me em segundos. Venero-te como se fosses um deus. Um sentimento tolo, bem sei. Contudo, viverei contigo no meu íntimo. Desconfio que morrerei sem te ter. É injusto, sim. É ilusório, este sonho de ser o teu sonho. Enfim… reduzo objetivos, centro-me nos teus olhos e choro, choro muito.
Margarida Fonseca Santos, 55 anos, Lisboa
Desafio RS nº 39 – história de amor sem A!
OUVIR

1 comentário:

  1. Mas voce é danadinha mesmo.
    Vamos lá ver o que sai.
    Abraços amiga.
    Bjs

    ResponderEliminar