21 março 2017

Cândida Jardim ― desafio nº 76

Ah! Que bem que se está na letra circular. Faz-me sentir numa nuvem, a equilibrar-me, semelhante a uma bailarina. Encanta-me admirar as tulipas amarelas e vermelhas, as camélias brancas rajadas que
caem e fazem tapetes. Delicia-me estar aqui a deixar-me seduzir pela beleza da natureza, mas a mãe chama-me: está a cama para fazer, a saia para arrumar, a blusa para pendurar, cara e dentes para lavar. A campainha da entrada prepara-se para tilintar. Pára de inventar.
Cândida Jardim, 53 anos, Ovar 
Desafio nº 76 – escrever sem a letra O

Sem comentários:

Enviar um comentário