24 abril 2017

Alda Goncalves ― desafio RS nº 48

Acordou. Mais uma noite mal dormida. Como tantas outras ultimamente. Horas que se arrastam, a pensar ou a fugir ao pensamento. A fugir de si mesmo.

Levantou-se, devagar saiu da cama e foi pé ante pé, devagar, muito devagarinho, até à casa de banho. Olhou-se ao espelho. Aquele que está na imagem, não é ele. É-lhe desconhecido. Olheiras fundas, olhos encovados, feições alteradas. Pálido, rosto deformado. Não se reconhece. É assim desde que lhe foi diagnosticado parkinson.
Alda Goncalves, 49 anos, Porto

Desafio RS nº 48 ― um rosto diferente no espelho

Sem comentários:

Enviar um comentário