15 abril 2017

Maria João Travassos ― desafio RS nº 48

Os anos passaram e isso era bem visível na sua cara. As rugas vincadas já não podiam ser mais disfarçadas e denunciavam a passagem do tempo. Demorou a perceber que eram sinónimo da vida
que que teve, das gargalhadas que deu, das aventuras que viveu e das pessoas que amou. E quando o conseguiu aceitar, passou a aceitar também aquele rosto diferente no espelho. Agora sim, podia continuar a viver a velha vida com um novo rosto.
Maria João Travassos, 38 anos, Lisboa

Desafio RS nº 48 ― um rosto diferente no espelho

Sem comentários:

Enviar um comentário