02 maio 2017

Carla Silva - desafio nº 118

Sem ti
Agora percebo que fui fútil e toda a alegria que me invadiu inicialmente foi abruptamente substituída pelo temor de te perder. Na ânsia de ter reconhecimento publico perdi o que mais prezava, a tua
confiança.
Os dias sobrepõem-se e a insistente tristeza abate-se sobre mim ao perceber que a conexão que tínhamos simplesmente desapareceu.
Este estado nervoso constante é ridículo pois o dano está feito. As desculpas soam falsas perante tais actos e nada os pode apagar.
Carla Silva, 43 anos, Barbacena, Elvas

Desafio nº 118 – associação de palavras

Sem comentários:

Enviar um comentário