02 maio 2017

Maria Rita Pereira Coutinho ― desafio RS nº 39

Em tempos tive o corpo cheio de dor,
e tu fizeste com que, de novo, sentisse o...
Oh! se o dissesse! Esse sentimento nobre e belo!... queres ouvir?

Hoje os meus olhos tremem húmidos com receio de perder o teu fogo intenso, vivo no meu ser.
No fundo reconheces, meu bem, que sentes por mim o mesmo que sinto por ti; porém temes o incerto.
Espero, suspiro e rezo... que cesse esse temor.
Vem meu bem, vem!
Maria Rita Pereira Coutinho, 45 anos, Lisboa  

Desafio RS nº 39 – história de amor sem A!

Sem comentários:

Enviar um comentário