06 maio 2017

Maria Silvéria dos Mártires ― desafio nº 118

Constatação
Magda admite que após um intervalo em que esteve afastada das 77 palavras.
Se sentia estranha e descontente, pois escrever é para ela um apoio e um refúgio.

As palavras com que constrói as suas histórias fazem-na sentir menos ansiosa e perturbada e tiram-lhe o medo que muitas vezes a assalta. São um abrigo. E têm a vantagem que um certo bem-estar e felicidade emane do seu rosto transmitindo simpatia e amizade por todos à sua volta.
Maria Silvéria dos Mártires, 71 anos, Lisboa

Desafio nº 118 – associação de palavras

Sem comentários:

Enviar um comentário