25 junho 2017

Alba Molina, Jorge Reina ― desafio nº 37

O homem do vinho
Ernesto foi um homem muito sério. Ninguém soube porque ele trouxe um sorriso nesse momento. Entrou no hotel e pediu um copo de vinho. Depois subiu.
O homem do hotel quis perceber o porquê, contudo, nem sequer perguntou.
Uns minutos depois, o nosso homem desceu e cruzou o hotel inteiro. Deixou o edifício.
Nesse momento um menino disse: “Um morto” Um morto no corredor! Todos os homens e mulheres do povo dormem com temor desde esse momento.
Alba Molina, Jorge Reina, 14 anos, Escola Secundária Zurbarán, Badajoz, prof Catarina Lages

Desafio nº 37 – uma história sem usar a letra A

Sem comentários:

Enviar um comentário