27 junho 2017

Paula Castanheira ― desafio nº 115

A notícia tinha-lhe caído assim, naquela noite, sem se fazer anunciar! Tentava apanhar as pontas, mas sentia o coração na boca, as pernas bambas, no peito, um aperto imenso, um misto de raiva, desgosto, desilusão.
Tentar perceber as razões daquela traição, era tarefa impossível por agora, queria desabafar nas suas lágrimas, mas nem isso conseguia, por isso abraçou a Martinha e tentou fechar os olhos, na esperança que o sono a levasse dali, para um lugar melhor…
Paula Castanheira, 53 anos, Massamá

Desafio nº 115 – frase de Valter Hugo Mãe

Sem comentários:

Enviar um comentário