25 julho 2017

Domingos Correia ― escritiva nº 22

Tropelias de criança
Depois de uma banhoca no rio, fugidos à doutrina, nada nos sabia tão bem, a nós crianças, como assaltar um pomar… Uma vez, lembramo-nos do pomar do Adrianinho. Lá fomos feitos loucos. Subimos uma macieira e toca a comer… Subitamente, aparece o criado! Alvoroço na macieira, três maçãs acertam em cheio na cabeça do homem! Resultado: ficou zonzo… aproveitamos e fugimos a sete pés… quando o criado se recompôs, já nós estávamos longe a rirmo-nos às gargalhadas…
Domingos Correia, 59 anos, Amarante
Escritiva nº 22 ― apanhado em flagrante


Sem comentários:

Enviar um comentário